quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Killing Yourself: Alexandre Rodrigues (Crushing Axes)



A desilusão de trabalhar em conjunto e se apresentar nos pedregosos palcos do underground nacional às vezes podem nos levar às nossas particularidades. O fato de ser mais criativo trabalhando sozinho também pode ser um fator para se formar o que chamamos de ‘one-man-band’. É assim que, quase há dez anos, Alexandre Rodrigues dedica ao seu tempo ao Crushing Axes, projeto que desde 2008 tem lançado ao menos um álbum por ano. Nada mais justo que ele abordar os principais trabalhos da ‘banda’, que trilha os caminhos do Death Metal, mas mostrando muito mais que apenas o estilo em sua bagagem.



“Bloodfield in Hell” (2008) – Crushing Axes: A princípio apenas uma pré-produção, a ideia era chamar outros músicos, porém nunca aconteceu, um álbum que eu tenho um carinho especial, faltou lapidar, porém gosto bastante mesmo sendo bem cru.





“Viking Winter” (2009) - Crushing Axes: Insatisfeito com a bateria muito simples do primeiro álbum, resolvi gastar algum tempo desenvolvendo batidas mais complexas, ainda com esperança de chamar outros músicos para compor o álbum. Vale mencionar a arte da capa desenvolvida pelo artista Rafael Vilarino, que voltaria a trabalhar com o projeto no álbum “Back to North”.








“Legends” (2010) - Crushing Axes: Finalmente resignado com o formato one-man-band, decidi introduzir elementos de orquestra, gosto muito das ideias do álbum, o primeiro álbum realmente experimental, causou certa estranheza, o álbum com a pior repercussão na mídia especializada.




“Member of the Unholy Society” (2010) - Crushing Axes: Após críticas sobre o timbre de guitarra do álbum anterior, resolvi focar em um álbum sem muitos experimentalismos, um dos álbuns com melhor repercussão, também um dos meus favoritos. Procurei as cordas mais grossas disponíveis, e quando alguém me disse que o som parecia o de alguém esmurrando um portão de aço eu soube que tinha encontrado o melhor timbre. A princípio seria um álbum conceitual sobre os 7 pecados capitais.



“Ascension of Ules”  (2011) - Crushing Axes: Esse álbum trouxe de volta os experimentalismos. Um álbum conceitual sobre um deus que é banido de sua esfera caindo na terra. Com os tipos mais variados de instrumentos, é um dos álbuns mais diversificados, os temas e instrumentos vão mudando conforme Ules, o protagonista, vai andando da Ásia para Europa.






“Black Book” (2012) - Crushing Axes: Álbum conceitual sobre um guerreiro que é obrigado a matar uma criatura e realizar um ritual para salvar sua família, seguindo uma abordagem mais direta, esse é o primeiro trabalho onde foi realizado alguma mixagem, até então o som era tirado o mais cru possível.







“Frozen Soul” (2013) - Crushing Axes: De longe o álbum onde mais dediquei tempo para composição da bateria, gastei horas e horas para compor os elementos de orquestra. Uma pena, pois diversos problemas aconteceram na vida particular durante as gravações, o resultado final é um álbum carregado de ódio, talvez o trabalho que eu menos escutei, sem dúvida um dos que mais me dediquei, mas infelizmente não me traz boas lembranças. Vale ressaltar a arte da capa feita pela fotógrafa búlgara Violeta Ivanova.



Alexandre quando ainda subia nos palcos




“Evoking the Power of Chaos” (2013) - Crushing Axes: Fugindo um pouco da mitologia nórdica esse álbum é sobre mitologia Suméria. Traz a arte de Marcos Lorezent (Art Spell), que já havia trabalhado com o projeto no EP “Lost Treasures”. Um detalhe técnico sobre o álbum é que houve problemas com a interface de gravação, o que dificultou muito a finalização do trabalho pela diferença de latência. Esse álbum também sinalizou o que viria a ser o Crushing Axes nos próximos anos, fiz questão de realizar a mudança do logotipo nesse álbum, o logotipo foi desenvolvido pelo Rafael Tavares.




“Undead Warrior” (2014) - Crushing Axes: Ahhhhhh o “Undead Warrior”, capa do Rafael Tavares, produzido pelo Rodolfo Bittencourt (VibeVale), Gledson Gonçalves na bateria, Fernando Molinari no baixo, simplesmente passei vergonha nesse álbum, só tem monstro, as guitarras foram reguladas com o Jairo Rocha, que teve uma banda com o Gledson chamada Primal Rage. Os caras são referências de Metal para mim e ter eles nesse álbum é uma honra imensa. O trabalho que melhor resume o que sempre idealizei para o Crushing Axes.      

“Never-Ending Battle Against the Human Plague” (2015) - Crushing Axes: Seguindo a linha mais direta, esse álbum é o mais pesado da discografia, onde as letras deixam bem evidente a misantropia. Investi mais tempo na mixagem e masterização desse álbum, aproveitando o aprendizado do álbum anterior.





“Sons of Fire” (2016) - Crushing Axes: Trabalho conceitual inspirado na “Divina Comédia” de Dante Alighieri. Os títulos das músicas trazem em geral termas jurídicos. É um trabalho essencialmente de guitarras, a mixagem foi feita especialmente para destacar as palhetadas, contrapontos, duetos e harmonias.     







“Back to North” (2017) - Crushing Axes: O álbum trouxe de volta a mitologia nórdica como tema principal. Rafael Vilarino que já havia trabalhado no “Viking Winter” voltou com uma arte destruidora. Esse trabalho conta com uma estrutura mais simples no modelo tradicional Intro/Verso/Refrão. Toda a mixagem e masterização foi feita com o único objetivo de deixar o álbum o mais pesado possível.
           






“Trail of Blood” (2017) - Crushing Axes: O trabalho mais recente até então. Fiz mudanças drásticas com relação ao timbre de guitarra, com certo receio abandonei o timbre que me acompanhou desde o começo, apesar das modificações ao longo do tempo, as mudanças com relação ao timbre foram radicais. Do meu ponto de vista foi meu melhor trabalho de mixagem e masterização até agora. Consegui reunir três dos melhores vocalistas que conheço, Glauber Rico (Nekrost), Jairo Vaz Neto (Chaos Synopsis), Luiz Artur (Hatematter). Novamente passei um pouco de vergonha perto desses monstros, mas uma honra imensurável ter eles no álbum. 

Thy Art Is Murder – “Dear Desolation”

(2017 – Nacional)

Nuclear Blast / Shinigami Records

Os australianos do Thy Art Is Murder podem ser considerados uma das principais formações do Deathcore mundial, talvez ao lado de nomes como Suicide Silence e Job For A Cowboy, porém isso não diz muito quando se trata de um estilo prolífico e relativamente novo na cena.

Mas, é claro que a banda teve méritos pra alcançar tal posto. São pouco mais de dez anos de carreira, onde “Dear Desolation” já é o quarto disco, que consegue provar o ‘por que’ de o grupo manter sua fama. Afinal, ouvindo bem todos os trabalhos, nota-se uma regularidade imensa e profissionalismo acima da média.

Este novo disco não se diferencia muito dos outros, mostrando apenas uma evolução natural e obviamente uma produção mais cuidadosa e moderna. Portanto, há poucos pontos negativos, sendo um deles o excesso de ‘breakdowns’. Ok, é característica do estilo, mas mostra um pouco de falta de criatividade.

E é até por isso que faixas diretas e mais dinâmicas como Death Dealer e Fire In The Sky se destacam, pois fogem do clichê do estilo. Com riffs e levadas velozes, além de um clima bem sombrio e leve melodia, as músicas saem um pouco dessa mesmice e mostram que a banda pode oferecer mais.

Claro que esse detalhe não tira as qualidades do disco, que estão na maior parte, como no ‘groove’ bem encaixado e o peso absurdo, porém nada forçado. Além do mais, o vocalista CJ McMahon está ‘cantando’ muito. Destaque também para as faixas Slaves Beyond Death e Puppet Master. Não se pode deixar de mencionar a linda arte da capa, a cargo de Eliran Kantor (Testament, Mekong Delta), que é uma das mais bonitas do ano.


8,0

Vitor Franceschini


Razgate – “Feral Evolution”

(2017 – Importado)
                    
Sliptrick Records

O Razgate foi formado na Itália em 2012. Adeptos ao Thrash/Speed Metal dos anos 80, principalmente, estão lançando “Fear Evolution”.

O trabalho nos remete a bandas como Slayer e Metallica (três primeiros álbuns). Não há complexidade nas composições, o que por si só é um ponto positivo, pois focam a criatividade em linhas simples, porém poderosas.

As canções foram feitas para expressar a ‘fé’ em um estilo que nunca morreu e vem se reestabelecendo ultimamente. Riffs pesados (‘old school’), que alternam velocidades (nada exorbitantes, como nas bandas atuais - risos) e se encaixam perfeitamente à cozinha baixo/bateria. Destaques para os solos criativos.

Há alguns momentos de NWOBHM e linhas de baixo a lá Anthrax. Os vocais seguem a mesma pegada do Tom Araya: mistura de ‘falados’ e ‘cantados’. Grata revelação, mostrando que música boa é atemporal!

Tracklist: 01. Psychopatic Control | 02. Night Painted Red | 03. Pulling Out | 04. Hear My Sentence | 05. The Decline | 06. Worms | 07. My Revenge | 08. Century Of Cain. Formação: Giacomo Burgassi (vocais e guiarra), Edoardo Natalini (bateria), Niccolò Olivieri (baixo) e  Francesco Monaci (guitarra).


8,5

Adalberto Belgamo


quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Arte News: DEATH CHAOS: novo álbum está cada vez mais próximo e banda libera teaser do novo clipe “Hammerdown”

DEATH CHAOS: novo álbum está cada vez mais próximo e banda libera teaser do novo clipe “Hammerdown”
Após o lançamento em 2016 do primeiro registro da carreira, o EP “Prologue In Death & Chaos”, a banda de Death Metal Melódico, Death Chaos, vem se preparando para lançar seu novo álbum de estúdio com músicas inéditas.

O álbum que irá se chamar “Bring Them To Die” já possui algumas informações reveladas, entre elas o primeiro single que foi disponibilizado pela banda, a música que dá nome ao disco fomenta a curiosidade dos fãs e da imprensa no processo de lançamento do novo disco.

Confira a música “Bring Them To Die”:

Com toda uma temática voltada em histórias de terror e assassinatos em série, a banda Death Chaos, confirma que esse novo álbum manterá as tendências que vem dando certo na carreira. Após apresentar a capa e o primeiro single do novo disco, foi liberado o teaser do novo vídeo clipe da carreira da banda, a música escolhida é a inédita “Hammerdown” e nas curtas imagens é possível reparar que um Serial-Killer utilizando um machado retrata com perfeição a arte de capa do álbum “Bring Them To Die”.

Confira o teaser de Hemmerdown:

O clipe oficial será revelado dia 23 de outubro no canal oficial da banda pelo YouTube, o álbum tem previsão de lançamento para o início de 2018 em formato físico e nas principais plataformas digitais do mundo.

Death Chaos é formada por:
Denir “Deathdealer”: Vocal
Julio Bona: Guitarra
Edson “Mamute”: Baixo
Ueda: Bateria

Mais informações:


PERC3PTION: Kleber Ramalho é o novo vocalista da banda
Não faz muito tempo a banda Perc3ption abriu as inscrições para a seleção do novo vocalista que iria substituir Dan Figueiredo que deixou a banda devido sua mudança para o Japão. E na última semana Rick Leite guitarrista do Perc3ption, divulgou o novo vocalista da banda através de vídeo na página oficial do Facebook.

Kleber Ramalho, vocalista do Rio de Janeiro conhecido por seus vídeos no YouTube de covers de bandas como Angra, Helloween, Dream Theater e até mesmo Michael Jackson, foi o candidato escolhido para assumir o posto de vocalista com muita segurança e tranquilidade pelo grupo.

“Não foi fácil, muitas pessoas mandaram áudios mais o escolhido estava determinado a entrar na banda, gravou todos os playbacks disponíveis e fez um excelente ensaio.” disse o Rick Leite no vídeo, e ainda completou “O que foi um fator decisivo é que foi alguém que deu um algo a mais e ficamos muito felizes por acabar premiando uma pessoa que se dedicou bastante e que se encaixou muito bem com a banda.”

Kleber Ramalho, 30 anos, iniciou seus estudos musicais na sua pré-adolescência, começando a tocar violão aos 12 anos e iniciando na guitarra aos 13 anos de idade. Desde a adolescência sempre se interessou por backing vocals, executando em suas bandas, não imaginando que um dia se tornaria vocalista. Durante a década de 2000 integrou várias bandas de Heavy Metal ainda como guitarrista (Shabbat, Aces High, Dark Maiden, Dr.Hollywood), porém sempre mantendo paralelamente os estudos de técnicas vocais. Até que em 2013 decide seguir somente como vocalista, se dedicando intensamente aos estudos.

“Eu não esperava, foi uma emoção muito grande quando me deram a notícia. Quando fui convidado para fazer a primeira fase, a minha maior preocupação seria se a minha voz se encaixaria no estilo, pois não era uma área que eu estava acostumado a explorar, e mesmo que não fosse selecionado para ser o vocalista, já estava me sentindo mais experiente e absorvendo coisas boas.”

A banda está em fase de composição para o terceiro disco e pretende fazer seu show de estréia com o novo integrante ainda em 2017. “Agradar os fãs do Perc3ption é o que encaro como meu próximo desafio, e espero conseguir suprir todas as expectativas.” diz o vocalista no vídeo que pode ser conferido logo abaixo.

Sites relacionados:

Contato para Shows e Merchandising:


MADSOUNDS: agência ajuda a promover a nova cena da música independente nacional

A agência MadSounds nasceu do desejo do produtor musical Matheus Rosa e da profissional em comunicação Texx de promover a nova cena da música independente nacional, oferecendo um novo modelo de negócios dedicado a profissionalizar e viabilizar a carreira dos novos artistas brasileiros em um dos mercados mais competitivos do planeta.
“Somos uma agência de marketing musical e gestão de carreiras 360° que fornece todos os serviços necessários a bandas e artistas em um único lugar, desde o desenvolvimento do conceito, posicionamento e pré-produção até a venda de shows, maximização de receita, captação de recursos, etc. Aborda o mercado musical com uma visão moderna, diferenciada e alinhada com os novos rumos da indústria fonográfica”, explicou Matheus Rosa.
A MadSounds acredita que o trabalho em equipe, o respeito profissional, comprometimento e dedicação à música é a verdadeira combinação que propicia satisfação pessoal, profissional e financeira a todas as partes envolvidas.
Matheus é músico multi-instrumentista, compositor, técnico em áudio e produtor musical formado em Produção & Tecnologia Musical pela EM&T – Escola de Música e Tecnologia e em Music Business pelo Halsey Institute (EUA). Realizou trabalhos com diversos artistas dos mais variados gêneros, como Project46, Noturnall, ANIE, Andreas Kisser (Sepultura), Bruno Sutter, Aquiles Priester, Alírio Netto (musical We Will Rock You Brasil), o rapper Rael, entre outros.
Texx é formada em publicidade e propaganda pela ESPM-SP (Escola Superior de Propaganda e Marketing), tendo experiências de comunicação e marketing em grandes empresas, ONGs e revistas femininas. Nos últimos tempos, têm se dedicado à produção cultural, agenciamento de artistas e cinema, tendo experiências como: diversas edições da Free Beats e Brazica, inclusive na Virada Cultural de 2017.
Entre em contato com a MadSounds nas páginas:
https://www.madsounds.com.br/
https://www.facebook.com/madsoundsbr


ANFEAR e VALIRIA promovem evento dia 11 de novembro e lançam vídeo convidando você para comparecer ao evento
Faltando pouco menos de um mês para o evento idealizado em conjunto entre as bandas Anfear e Valiria, “Rock On Heels”, vem ganhando força e destaque nas redes sociais de ambas as bandas.

Com um algo em comum, as duas bandas possuem vocalistas mulheres em suas formações, os grupos se uniram para divulgar um vídeo chamada aonde a cantora Andressa Lé (Anfear) e Laís Tomaz (Valiria), convidam o público para o evento que será realizado dia 11 de novembro em São Paulo no espaço som.

No vídeo as cantoras informam que ocorrerão alguns sorteios exclusivos para o público presente e que o primeiro lote de ingressos já está quase esgotado, além de ter a garantida de um grande show por parte dos grupos que irão se apresentar.

“Rock On Heels” é uma criação conjunta das bandas Anfear e Valiria que promovem seus trabalhos recém lançados, a banda Anfear que já tem um EP lançado leva sua musicalidade cheia de contos e mitologia sobre o folclore brasileiro. O grupo Valiria por sua vez comemora o lançamento do seu novo single “Abstract”.

Confira o vídeo chamada do “Rock On Heels”:

Serviço:
Evento: Rock On Heels
Atrações: Anfear – Valiria
Local: Espaço Som – R: Teodoro Sampaio – 512 – Pinheiros – São Paulo – Próximo ao Metrô Clínicas
Custo: 1º Lote: R$15,00 – 2º Lote: R$20,00 – 3º Lote: R$25,00


GODS & PUNKS revela datas da The Dunes of Doom Tour
Shows por São Paulo e Rio de Janeiro divulgam o elogiado álbum "Into the Dunes of Doom"

Ilustração: Cristiano Suarez

A repercussão do álbum "Into the Dunes of Doom", o primeiro full length do Gods & Punks, foi imediata ao seu lançamento na sexta-feira passada, 13 de outubro. Rapidamente pipocaram resenhas em sites especializados em stoner que destacaram - com euforia - a forma dinâmica em que o quinteto carioca construiu as sete canções do disco, também com elementos do progressivo sobressalientes. Autênticas e altamente empolgantes, estas músicas e mais algumas do EP 'Sounds of the Earth' (2016) compõem o repertório dos seis shows da 'The Dunes of Doom Tour' entre São Paulo e Rio de Janeiro, entre os meses de outubro e novembro. 
A primeira data em São Paulo, pela primeira vez na carreira da Gods & Punks, acontece no sábado do dia 21 de outubro em Lorena, no Rock & Blues bar, seguida, no mesmo dia, da participação no Raro Zine Festival, em Atibaia (com Redhead, Blind Horse, Do Culto Ao Coma e I Am The Sun). 
De volta ao Rio de Janeiro, a 'The Dunes of Doom Tour' segue para o Néctar dia 28 de outubro e, em novembro, ataca dia 18 no Aparelho e dia 24 no Teatro Solar. A primeira data da turnê, no último sábado (14/10), também aconteceu na capital carioca.
"Into the Dunes of Doom" já está disponível nas principais plataformas de streaming, pelo selo da Abraxas, em 

Apenas três dias após o lançamento, o álbum figurou na primeira página na seção Discover do Bandcamp, apareceu em Best-Selling de Hard Rock e Prog Rock e na segunda pagina em Best-Selling de Psychedelic Rock. Já na página da distribuidora de música virtual Onerpm, a banda figurou na capa da playlist Peso Br. Também marcou presença na seção New Releases do Spotify!

No início do mês, a banda lançou o lyric video para a faixa 'Dunes of doom', confira: https://www.youtube.c om/watch?v=mFp2qQLCLo0 

O álbum também ganha versão física em CD pelos selos Abraxas e Red House (Chile), além de fita K7 pela Dinamite Records. Pedidos podem ser feitos por meio das mídias sociais da banda: facebook (/godsandpunks) e instagram (/gods_and_punks). 


IN FLAMES: Ainda há ingressos para shows em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte

Banda é uma das atrações mais aguardadas dos últimos tempos a desembarcar no Brasil. Ainda há ingressos à venda!

A cultuada banda sueca In Flames, um dos nomes mais venerados e revolucionários do rock/metal mundial dos últimos tempos, se apresenta, nesta semana, em Belo Horizonte (19/10 - Music Hall BH), Rio de Janeiro (20/10 - Circo Voador), São Paulo (21/10 - Via Marquês) e Curitiba (22/10 - Hermes Bar).

Após estremecer México, Colômbia e Argentina, a expectativa e ansiedade dos fãs brasileiros para conferir a incrível e imperdível performance Anders Fridén (vocal), Björn Gelotte (guitarra), Niclas Engelin (guitarra), Joe Rickard (bateria) e Bryce Paul (baixo) fez com que a procura de ingressos aumentasse consideravelmente nas quatro capitais.

O público interessado em conferir aos shows do grupo no País deve se antecipar para não ficar de fora. Mais informações estão disponíveis nos serviços abaixo.

O repertório desta nova tão aguardada passagem do grupo pela América Latina e que promove o excelente novo álbum "Battles" tem sido o seguinte:
Drained
Before I Fall
Everything's Gone
Take This Life
Trigger
Only for the Weak
Dead Alone
Darker Times
Drifter
Moonshield
The Jester's Dance
Save Me
Alias
Here Until Forever
The Truth
Deliver Us
The Mirror's Truth
The Quiet Place
The End

Assista ao vídeo promocional desta excursão que tem passagem por México, Colômbia, Argentina, Brasil, Chile e Peru em https://www.facebook.com/inflames/videos/1449667591748662.

Com uma lista de hits como “Cloud Connected”, “Only for the Weak”, “The Quiet Place”, “Take This Life”, “Pinball Map”, “Trigger”, “My Sweet Shadow”, “Colony”, “The Mirror's Truth”, “Bullet Ride”, “System”, “Clay Man”, “Episode 666”, entre outros, o In Flames se estabeleceu como um fenômeno global.

O novo show celebra 23 anos de sucesso e o bem-sucedido novo álbum “Battles”, que logo na primeira semana de lançamento, entrou nas principais posições no Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Suécia Noruega, Finlândia, Austrália, Áustria, Bélgica, França, Espanha, Suíça.

Formado em 1994, o In Flames é reconhecido como um dos precursores do movimento “New Wave of Swedish Death Metal” – popularmente conhecido como “Gothenburg Metal Sound” – ao lado de At The Gates, Dark Tranquillity e até Soilwork.

Após o lançamento dos álbuns “The Jester Race” (1996), “Whoracle” (1997), “Colony” (1999) e “Clayman” (2000), a banda saiu do anonimato para se tornar um ícone cult da cena heavy metal europeu. No entanto, foi com “Reroute to Remain” (2002), “Soundtrack to Your Escape” (2004), “Come Clarity” (2006), “A Sense of Purpose” (2008), “Sounds of a Playground Fading” (2011) e “Siren Charms” (2014), que o grupo chegou a figurar como o principal expoente do death metal mundial, invadir a capa das principais revistas especializadas e abrir as portas dos grandes festivais da Europa como Waken Open Air, Hellfest, Download, Rock Hard, Sweden Rock fest, dentre tantos outros.

A primeira e única e última passagem do In Flames pelo Brasil, aconteceu no histórico 15 de fevereiro de 2009. O show, sold out, foi considerado um dos melhores do ano. A performance do grupo levou os fãs à loucura ao executarem diversos clássicos da carreira e impressionante performance.

Links relacionados:

SERVIÇO SÃO PAULO
Liberation Tour Booking orgulhosamente apresenta IN FLAMES
Banda de abertura: Reckoning Hour
Data: sábado, 21 de outubro de 2017
Local: Via Marquês - www.viamarques.com.br
End: Rua Av. Marquês de São Vicente, 1589 (próximo ao Metrô Palmeiras - Barra Funda)
Abertura da casa: 18h
Informações gerais: info@liberationmc.com
Infoline: 11 3615.2060
Classificação etária: 16 anos
Estacionamento: locais próximos sem convênio
Estrutura: ar-condicionado, acesso para deficientes, área para fumantes e enfermaria

SETORES/VALORES
- Pista: R$ 150,00 (meia-entrada/promocional*) | R$ 300,00 (inteira)
- Camarote (meia-entrada/promocional*): R$ 200,00 | R$: 400,00 (inteira)
*O ingresso promocional antecipado é válido mediante a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

# PONTO DE VENDA (sem taxa de conveniência): Galeria do Rock (loja 255 | 11 3361.6951)
# COMPRA PELA INTERNET – http://www.clubedoingresso.com/inflames-sp
Formas de Pagamento: dinheiro, cartões de crédito e débito Visa, MasterCard, American Express e Diners Club
# PONTOS DE VENDA AUTORIZADOS: São Paulo, Osasco, Santo André, São Caetano do Sul, Barueri, Jandira, São José do Rio Preto, Curitiba e Rio de Janeiro (http://www.clubedoingresso.com/ondecomprar)

SERVIÇO RIO DE JANEIRO
Liberation Tour Booking e Circo Voador orgulhosamente apresentam IN FLAMES
Banda de abertura: Reckoning Hour
Data: sexta-feira, 20 de outubro de 2017
Local: Circo Voador
End: Rua dos Arcos s/n – Lapa
Abertura da casa: 20h
Informações gerais: www.circovoador.com.br
Classificação etária: 16 anos
Estacionamento: locais próximos sem convênio
Estrutura: ar-condicionado, acesso para deficientes, área para fumantes e enfermaria

SETORES/VALORES
- Pista: R$ 130,00 (meia-entrada/promocional*) | R$ 260,00 (inteira)
*O ingresso promocional antecipado é válido mediante a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

# PONTO DE VENDA: bilheteria do Circo Voador
Formas de Pagamento: dinheiro, cartões de crédito e débito Visa, MasterCard, American Express e Diners Club
# PONTOS DE VENDAS AUTORIZADOS: https://www.ingressorapido.com.br/PontosVenda.aspx

SERVIÇO CURITIBA
Liberation Tour Booking orgulhosamente apresenta IN FLAMES
Banda de abertura: Reckoning Hour
Data: domingo, 22 de outubro de 2017
Local: Hermes Bar (antigo MUSIC HALL) - www.hermesbar.com.br
End: Rua Engenheiros Rebouças, 1645
Abertura da casa: 19h
Informações gerais: info@liberationmc.com   
Classificação etária: 18 anos
Estacionamento: locais próximos sem convênio
Estrutura: ar-condicionado, acesso para deficientes, área para fumantes e enfermaria

SETORES/VALORES
- Pista: R$ 150,00 (meia-entrada/promocional*) | R$ 300,00 (inteira)
*O ingresso promocional antecipado é válido mediante a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

# PONTO DE VENDA OFICIAL: Shopping Metropolitan (DR ROCK - 41 3324.0669)
Formas de Pagamento: dinheiro, cartões de crédito e débito Visa, MasterCard, American Express e Diners Club
# PONTOS DE VENDA AUTORIZADOS: São Paulo, Osasco, Santo André, São Caetano do Sul, Barueri, Jandira, São José do Rio Preto, Curitiba e Rio de Janeiro (http://www.clubedoingresso.com/ondecomprar)

SERVIÇO BELO HORIZONTE
Liberation Tour Booking e MS BHz orgulhosamente apresentam IN FLAMES
Banda de abertura: Drowned
Data: quinta-feira, 19 de outubro de 2017
Local: Music Hall BH
End: Av. do Contorno, 3239
Abertura da casa: 20h
Informações gerais: info@liberationmc.com   
Classificação etária: 18 anos
Estacionamento: locais próximos sem convênio
Estrutura: ar-condicionado, acesso para deficientes, área para fumantes e enfermaria

SETORES/VALORES
- Pista: R$ 120,00 (meia-entrada) | R$ 140,00 (promocional)* | R$ 240,00 (inteira)
- Camarote Open Bar: R$ 180,00 (preço único)
*O ingresso promocional antecipado é válido mediante a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

# PONTOS DE VENDA AUTORIZADOS: Central dos Eventos em BH (Savassi, Shopping Pampulha Via Brasil, Center Minas, Shopping Estação), Contagem (Big Shopping),
Betim (Monte Carmo Shopping), Sete Lagoas (Shopping Sete Lagoas | Shopping Lagoa) e Divinópolis (Shopping Pátio Divinópolis)
*Compre também através de nosso Aplicativo Central dos Eventos Mobile

**** Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei;
***** A produção do evento NÃO se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais;
****** É expressamente proibida a entrada com câmeras fotográficas e filmadoras profissionais ou semi-profissionais.


PATRICK PEDROSO: liberado capa e nome do novo registro de estúdio do Guitarrista
Um dos músicos mais talentosos de Santa Catarina, o guitarrista Patrick Pedroso, anunciou oficialmente o novo lançamento de sua carreira.

Após o lançamento do aclamado e bem recebido, “Labirinth”, o músico apresenta a capa do seu novo registro, o EP “The Seasons”, ainda sem revelar maiores detalhes sobre o que será abordado e data oficial de lançamento, foi informado apenas que o novo registro terá quatro músicas inéditas e que irão expressar de forma minuciosa a atual fase do guitarrista brasileiro.

O EP “The Seasons” será distribuído digitalmente e de forma gratuita em parceria com a Roadie Metal, que irá disponibilizar link exclusivo para Download do novo trabalho do músico no site oficial da assessoria e comunicação.

Patrick Pedroso é músico autodidata, tendo seu primeiro contato com o instrumento aos 15 anos, logo aos 18 já começou a dar aulas se tornando mestre de novos e talentosos músicos de Santa Catarina.

Mais informações sobre os trabalhos de Patrick Pedroso nos links abaixo:


MEDICINE FOR PAIN: grupo se prepara para lançamento de novo EP e revela conceito forte sobre uma das músicas
Se preparando para lançarem o no EP da carreira, o grupo Medicine For Pain, adianta algumas novidades que serão retratadas no novo registro de estúdio.

Com quase todo o trabalho finalizado, desde as gravações as mixagens, uma música vem chamando a atenção das pessoas mais próximas a banda pela sua temática e crítica sobre um dos grandes males sociais da atualidade, a pedofilia.

A música em questão irá se chamar “Vendidas Como Bonecas” e irá apresentar o problema como um todo, desde a pouco infraestrutura oferecida aos miseráveis, até os grandes magnatas que saciam seus prazeres carnais com crianças inocentes e que muitas vezes são oferecidas pelos próprios pais.

A faixa será em breve disponibilizada nos canais oficiais do grupo e o novo EP terá seu lançamento oficial em 2018. A Medicine For Pain se inspira em temas atuais e todas as suas composições são escritas em português, mantendo nas harmonias o peso e essências do bom e velho Thrash Metal.

Medicine For Pain é formada por:
Vagner Souza: Vocal
Anderson Moreira: Guitarra
Messias Martins: Guitarra
Borys: Bateria
Jamerson Oliveira: Baixo

Mais informações:


JAILOR: uma das atrações de festival de Helloween na cidade de Joinville/SC
Celebrando mais um Helloween, a cidade de Joinville/SC, recebe o evento “Helloween A Fantasia” que terá várias apresentações e premiações ao público presente no vento.

Uma das bandas há se apresentar no evento é a veterana do Thrash Metal Curitibano, Jailor, que promete levar muito barulho e som pesado ao público presente na festa. Além do Jailor outras bandas confirmadas são: Howfar, Zombie CookBook e Odysseya.

A melhor fantasia e caracterização receberá um prêmio ainda não informado pela produção do evento, que terá toda sua temática sendo decorado sobre o tema de Helloween no “Garage Pub”.

Mais informações no link abaixo:

Serviço:
Evento: Helloween A Fantasia
Atrações: Jailor – Howfar – Zombie Cookbook – Odysseya
Local: Garage Pub -  R: Inácio Bastos – 812 – Joinville/SC
Horário: 17h00min
Custo: R$10,00


MAVERICK: banda está na coletânea ‘Minds That Rock’
A coletânea que está sendo lançada em uma parceria entre a gravadora Shinigami Records e a assessoria de comunicação Metal Media e reúne 17 nomes do cenário brasileiro e o MAVERICK é um deles!

O trabalho conta com 17 bandas, entre novas promessas e veteranos. O MAVERICK se apresenta com a faixa ‘Upsidown’. Confira o tracklist:

As Dramatic Homage – Enlighten
Bloody – Cancro
Cerberus Attack – Face Reality
Chafun Di Formio – Discurso
Darkship – Eternal Pain
Dysnomia – Spiralling Into Oblivion
Elizabethan Walpurga – Infernorium
Encéfalo – Blessed By The Wrong Choice
Endrah – Priced Out Of Paradise
Gestos Grosseiros – The Ambition
Losna – Mesmerized By Rotten Meat
Maverick – Upsidown
Pato Junkie – Atos Terroristas
Sacrificed – Shame
The Wasted – Heritage
Vetor – In The Sound Of The Wind
Yekun – The Last Sound Of Silence

O material foi lançado em formato físico, em digifile, e está disponível diretamente com a banda por e-mail ou Facebook e também na Shinigami Records: https://goo.gl/oQb8pn

O MAVERICK continua preparando o sucessor de ‘The Motor Becomes My Voice’, debut que colocou o jovem grupo entre os mais queridos da nova geração. A versão física está à venda diretamente com a banda através do link:


O disco pode ser encontrado também em formato digital nas principais distribuidoras do mundo, confira alguns links:

Spotify – https://goo.gl/N7aiI7
Google Play – https://goo.gl/Xlt8Vs
YouTube – https://goo.gl/ALZtVF
SoundCloud – https://goo.gl/PxHPQM

Quem quiser também pode ouvir o disco completo gratuitamente pelo link:



Sites relacionados:


WEAKLESS MACHINE: Banda é atração no Projeto Unificação Underground
O WEAKLESS MACHINE estará presente na terceira edição do festival Projeto Unificação Underground, evento que visa unir bandas de várias vertentes da música pesada.

Nesta edição, além do WEAKLESS MACHINE, se apresentam as bandas SEVEN DAYS WAR, CERVICAL e a lendária PANIC.

O evento acontecerá no dia 1º de dezembro na tradicional Embaixada do Rock, em São Leopoldo, Rio Grande do Sul. Confira mais informações pelo link: https://goo.gl/6d5A7p

O WEAKLESS MACHINE acaba de liberar um novo vídeo oficial. Neste vídeo, tocado ao vivo, a banda apresenta a música ‘Burning All’, retirada do álbum ‘Manipulation’.

A performance foi gravada no espaço do Complexo Artístico RR44 e produzido pela Roman Roads. O trabalho foi dirigido e filmado por Luigi Argimon e Celso Zanini com edição por QG Filmz, mixagem por Rafael Siqueira e Reamps de guitarra e baixo por Renato Osorio. O vídeo marca a estreia do novo baterista, Renato Siqueira, no WEAKLESS MACHINE. Assista:


‘Manipulation’ foi gravado nos estúdios Monostereo e Dry House, produzido por Renato Osorio, com mixagem e masterização feitas no Black Stork Studios e arte da capa por Tiago Masseti. O disco está disponível para audição no site da banda: www.weaklessmachine.com

A versão física e todo o material oficial podem ser comprados pelo link (com envio para todo Brasil):



Links relacionados:


WORSIS: ouça ‘Blinded By The System’ no Spotify
O primeiro álbum do grupo gaúcho WORSIS foi lançado de forma digital e agora está disponível nos principais aplicativos de música digital do planeta.

Um deles, claro, é o Spotify, ferramenta de streaming de música mais usada do momento. O WORSIS convida a todos para conferir o disco pelo link:


Além do Spotify, todas as outras plataformas já têm o disco disponível. Para ouvir, comprar ou baixar, basta fazer uma busca pela banda em sua plataforma de preferência.

‘Blinded By The System’ foi gravado no Black Stork Studio com o produtor Thiago Caurio. A mixagem ficou nas mãos de Benhur Lima e a masterização por Marcel van der Zwam. A arte da capa foi criada por Hugo Silva, da Abacrombie Ink.

O disco também ganhará uma versão física, prevista o início de novembro, e sua pré-venda já está disponível. Para comprar por um preço menor, com envio antecipado, visite o link abaixo:


Lembrando que a loja oficial do WORSIS conta com várias opções de pagamento e envio para todo o país! Mais itens serão adicionados por lá muito em breve.

Confira a primeira música retirada do trabalho, ‘Sisyphus’:


O WORSIS anunciou também o show que celebrará oficialmente o lançamento do disco. Será em uma grande noite do dia 4 de novembro no Attilio’s 86, na cidade gaúcha de Caxias do Sul. O evento está marcado para às 21h e custará módicos R$15,00 para entrar. A apresentação contará ainda como convidada especial a banda SOUTHERN. Mais informações sobre o evento e como reservar seu ingresso pelo link: https://www.facebook.com/events/388600194893242/


Sites Relacionados:


GESTOS GROSSEIROS: guerreiros do underground em compilação nacional!
O GESTOS GROSSEIROS e seu Death Metal impiedoso é uma das atrações da coletânea ‘Minds That Rock’.

A coletânea é um projeto gerado de uma parceria entre a gravadora Shinigami Records e a assessoria de comunicação Metal Media e reúne 17 nomes do cenário brasileiro entre novas promessas e veteranos. Os Guerreiros do Underground se apresentam com a música ‘The Ambition’ do álbum ‘World’s Hypocrisy’. Confira o tracklist:

As Dramatic Homage – Enlighten
Bloody – Cancro
Cerberus Attack – Face Reality
Chafun Di Formio – Discurso
Darkship – Eternal Pain
Dysnomia – Spiralling Into Oblivion
Elizabethan Walpurga – Infernorium
Encéfalo – Blessed By The Wrong Choice
Endrah – Priced Out Of Paradise
Gestos Grosseiros – The Ambition
Losna – Mesmerized By Rotten Meat
Maverick – Upsidown
Pato Junkie – Atos Terroristas
Sacrificed – Shame
The Wasted – Heritage
Vetor – In The Sound Of The Wind
Yekun – The Last Sound Of Silence

O material foi lançado em formato físico, em digifile, e está disponível diretamente com a banda por e-mail ou Facebook e também na Shinigami Records: https://goo.gl/oQb8pn

Depois de voltar de uma bem-sucedida turnê pela Europa, o GESTOS GROSSEIROS segue na reta final de sua extensa turnê brasileira que vai até o dia 22 desse mês e está passando por 14 estados e aproximadamente 24 shows. Todos os detalhes de cada data podem ser conferidos na fanpage do grupo no Facebook: https://www.facebook.com/gestosgrosseiros/

O GESTOS GROSSEIROS liberou em seu canal todos os seus discos. Estão disponíveis o debut ‘Countdown to Kill’ de 2008, o visceral ‘Satanchandising’ de 2011 e o recém lançado ‘World’s Hypocrisy’, disco que vem sendo celebrado como o ápice dos quase 20 anos da banda. Ouça:

‘Countdown to Kill’: https://goo.gl/gCZkJM

‘Satanchandising’: https://goo.gl/WHeBex

‘World’s Hypocrisy’: https://goo.gl/mWeXme


Sites Relacionados:


FLEETING CIRCUS antecipa novo álbum com vídeo para “The Altruist”

Restless Noise sai em 27/10 via Sagitta Records


Prestes a lançar seu terceiro álbum, a banda carioca Fleeting Circus apresenta mais detalhes do novo trabalho com uma sessão intimista do single “The Altruist”, cantada ao piano pelo vocalista Taynã Frota. O disco “Restless Noise” será lançado no dia 27/10.




“Esse arranjo de piano ganhou forma durante a gravação da faixa para o disco e parte dele até pode ser ouvida na versão original. O vídeo surgiu para mostrar algo um pouco diferente do que a banda costuma ser e evidencia bem a harmonia e a letra da música, que são elementos que gostamos nessa faixa”, conta Felipe Vianna, guitarrista e principal responsável pela composição da música.


Além de Frota e Vianna, Rodrigo Seven (guitarras) e Lucas Faria (baixo) completam a banda que foi considerada pelo Spotify como uma das apostas para 2017. Conhecida por suas melodias complexas, a Fleeting viu “The Altruist” surgir despretensiosamente, ao violão. Com a base da guitarra pronta, a música ganhou forma apenas em estúdio, quando a banda selecionava as composições para seu aguardado novo álbum. Variando entre canções solares e sombrias, nessa nova fase a Fleeting Circus obedece aos seus próprios instintos na hora de dar seus próximos passos.


Um dos responsáveis por essa nova sonoridade foi Patrick Laplan, experiente músico e produtor que assina trabalhos marcantes do rock nacional, já tendo trabalhado com bandas como Eskimo, Rodox e Planar. E ele trouxe, além de uma identidade musical ainda mais forte, as próprias baquetas, tocando bateria nas faixas. “The Altruist” é mais um exemplo da forte personalidade única de cada música, ao mesmo tempo em que já constrói parte do conceito do álbum, que soa como uma obra homogênea.


“O Laplan teve uma participação importante no processo de composição e nos ensaios, o que ajudou a deixar todos mais imersos no projeto. A ideia de ‘The Altruist’ ficou na cabeça e ela acabou entrando na lista de músicas a serem trabalhadas e virou uma das favoritas da banda. A participação do Patrick foi importantíssima nessa faixa, já que ele alterou bastante a ideia central dela, criando uma levada de bateria num andamento diferente da guitarra, e um ritmo que soa fresco e empolgante”, avalia Vianna.


O álbum “Restless Noise” trará tudo isso e chega às plataformas de música digital no dia 27/10 com arte feita pelo artista plástico Guilherme Moraes. A mixagem é assinada por Andrew Oedel e masterização, por Ricardo Dias.


Assista “The Altruist”: https://youtu.be/pvxN1DeU2Xs


Ouça “The Altruist”:


SEU JUVENAL: de volta ao Brasil, banda comemora os resultados de sua primeira turnê europeia

Grupo de Ouro Preto fez oito shows em três países diferentes com financiamento do governo do estado de Minas Gerais
  
No ano em que o Seu Juvenal comemora duas décadas de história, Bruno Bastos (vocal), Edson Zacca (guitarra), Alexandre Tito (baixo) e Renato Zaca (bateria) carimbaram seus passaportes pela primeira vez. O quarteto embarcou no dia 19 de setembro para sua primeira turnê europeia. Foram ao todo oito shows por três países: República Tcheca, Polônia e Eslováquia.

A “Rock Errado European Tour” foi financiada pelo "Programa Música Minas", iniciativa do Governo do Estado de Minas Gerais, por intermédio da Secretaria de Estado de Cultura, que visa apoiar a cadeia criativa e produtiva da música mineira. O projeto de turnê do grupo foi um dos 12 selecionados entre as 51 propostas inscritas para a terceira chamada anual do edital e recebeu apoio financeiro para sua realização.
De volta ao Brasil, os músicos do Seu Juvenal fizeram uma retrospectiva do que foi e significou essa viagem:
Bruno Bastos:
Foi a primeira vez que passei tanto tempo seguido na estrada. Literalmente! Foi cansativo e ao mesmo tempo super prazeroso. A coisa mais sensacional foi a reação das pessoas durante os shows. As melhores e as mais variadas, desde aqueles que não acreditavam que a gente misturava influencias de Sex Pistols e Black Sabbath ou um sujeito que nos disse que havíamos salvado o último dia de liberdade dele, uma vez que iria se tornar pai. (risos)

Renato Zacca:
Foi uma experiência única. Foram 4 mil km dentro de uma van. Visitei lugares que eu jamais imaginei que estaria um dia. Foi incrível mostrar nossa música para um público totalmente diferente. Na turnê todos os dias são diferentes e isso é maravilhoso. Tocamos com bandas de diferentes países e aprendemos muito com todos eles. Que venha a próxima tour!

Alexandre Tito:
Já se passaram 30 anos desde a primeira vez que subi em um palco e a última coisa que poderia imaginar seria realizar uma turnê na Europa. A banda adquiriu energia tocando pra outras pessoas de diversos países, ver a reação deles através da nossa música com letras em português foi demais. Observar os músicos de outros países e seus timbres diversos acrescentou na minha experiência musical pessoal. Posso afirmar que quem passa por essa experiência só tem a evoluir como músico e pessoa.
Edson Zacca:
Uma dose de teimosia e loucura nos levou até a Europa e agora temos certeza que sim, é possível!
O repertório da turnê europeia do Seu Juvenal foi baseado em toda a discografia da banda que inclui o elogiado “Rock Errado” - indicado para o Prêmio Dynamite 2016 na categoria "Melhor Álbum de Rock" -, além dos álbuns "Guitarra de Pau Seco" de 2004 e "Caixa Preta" de 2008. Algumas músicas do show “Maldito Rock” que o Seu Juvenal vem apresentando no Brasil no momento e que reúne versões rock ‘n’ roll para clássicos “Lado B” da música popular brasileira, também entraramno setlist de alguns shows.
Oportunidade única na carreira de qualquer banda, o Seu Juvenal registrou todos os momentos da viagem e dos shows. O grupo pretende agora dar um tratamento profissional a todo material coletado e transformá-los em pequenos curtas que mostrarão os bastidores e shows da turnê. Para isso, lançaram uma campanha de financiamento coletivo através da Benfeitoria.com com uma série de contrapartidas aos interessados em participar. Interessados podem acessar esse endereço: https://benfeitoria.com/seujuvenal

Quem ainda não teve a oportunidade de conhecer o som da banda, o álbum "Rock Errado", que foi lançado originalmente em LP pela gravadora Sapólio Rádio, está disponível para download gratuito no site oficial da banda: www.seujuvenal.com.br    
Confira também o videoclipe oficial da música “Burca” presente no álbum: https://youtu.be/4HjdJ2_Kk4A



HIGH REEPER divulga nova música

O HIGH REEPER juntou-se à Indy Metal Vault para transmitir Soul Taker uma nova faixa do próximo álbum auto-intitulado da banda.

Ouça Soul Taker aqui:

“High Reeper” será lançado em 3 de novembro de 2017.

Reserve o álbum aqui:


DESOLATE SHRINE divulga nova música
O Cvlt Nation estreou a nova música Deliverance from the Godless Void do trio finlandês de Death Metal DESOLATE SHRINE. Transmita-a exclusivamente no link abaixo:


A música está no álbum “Godless Void”, que será lançado em 10 de novembro via Dark Descent Records. As pré-encomendas do CD estão disponíveis agora em https://goo.gl/xiD1LS.

Digital / CD em:

Mais informações:


DAUTHUZ assina com Wormholedeath
A banda holandesa Dacehuz assinou um acordo de distribuição com a Wormholedeath para o lançamento mundial de seu álbum de estreia "Destined For Death".

"Destined For Death" será lançado no dia 24 de novembro via Wormholedeath / Aural Music Group.

A banda afirmou:
"Estamos muito satisfeitos em trabalhar com a WormHoleDeath para o lançamento do nosso álbum de estréia "Destined For Death ". Após o lançamento do nosso EP "Dauthuz" em 2016, começamos a procurar o parceiro certo para trabalhar com este próximo lançamento e quando nós mostramos a Carlo nosso vídeo de Dying Breed, a bola começou a rolar e a sensação foi certeira! Não podemos esperar pelo lançamento em 24 de novembro!"

Confira o vídeo:

Mais informações:
Facebook| dauthuzdeathmetal         Youtube| Dauthuz Death Metal 


IRON GRIFFIN detalhes do novo EP
A banda finlandesa de Epic Metal IRON GRIFFIN, projeto do baterista do MAUSOLEUM GATE, Oskari Razanez, lançará seu EP de estréia auto-intitulado em mini-LP de 12" e cassete através da Gates of Hell Records (sucursal da Cruz Del Sur Music). O trabalho está sendo transmitido e disponível para compra digital em:


Segundo Razanez, "O IRON GRIFFIN é um novo projeto que começou há cerca de um ano, como uma banda de um homem só, principalmente para melhorar a minha performance com instrumentos diferentes e escrever músicas. O vocal foi feito por meu amigo e espetacular cantor Toni Pentikäinen. O futuro deste projeto é agora. Vou continuar trabalhando com novos materiais e tentar procurar músicos para formar uma "banda real", talvez. Mas este EP é um bom começo para mim e a jornada continua de uma forma ou de outra.”

Mais informações:


CORROSIVE: novo álbum via Black Sunset este ano!
Vai ser um inverno pesado! Após a reunião em 2012 e o EP "Killing Room" de 2016, os ‘deathmetallers’ do Corrosive lançarão seu novo álbum este ano através da Black Sunset!

O álbum foi gravado no Becker Studio Marburg / Gießen entre julho e setembro e masterizado por Andre Skopko. Embora a data de lançamento ainda não tenha sido confirmada, a banda já está planejando seu show de lançamento, que definitivamente acontecerá no dia 25 de novembro!

Mais informações em breve!



STEVE DI GIORGIO do TESTAMENT é capa da revista TopBass da Polônia, Entrevista disponível agora online!
STEVE DI GIORGIO do TESTAMENT está na capa da revista impressa TopBass da Polônia, na 9ª edição (setembro). A matéria também é apresentada com uma entrevista com Steve, agora disponível também online (em polonês):


Se você perdeu e quer a cópia impressa, entre em contato com:

Recentemente, o Loudwire nomeou STEVE DI GIORGIO na posição # 16 no 'Top 66 Metal Basists of All Time'! Leia o artigo inteiro aqui: www.loudwire.com/top-hard-rock-metal-bassists-of-all-time/#photogallery-1=52   

Mais informações em:


CARNIÇA: confira mais uma música do novo álbum antes do show de lançamento
Próximo do show de lançamento de seu novo álbum a CARNIÇA trouxe aos fãs uma das composições que figuram no trabalho autointitulado, “Revolução Farroupilha”, primeira faixa da banda cantada em português nesses mais de vinte anos de história.

Revolução Farroupilha” conta os grandes momentos dessa guerra icônica do Rio Grande do Sul, aliando Heavy Metal com elementos regionais que deixaram a música em si bem peculiar e um dos grandes destaques do trabalho.

Confira agora mesmo:


Confirme sua presença no show de lançamento que acontece nessa sexta (20/10):


Lembrando que os 50 primeiros ganham um CD, não perde essa e apoie sua cena!

Links Relacionados:


ODDHUMS lança um novo single 'Proselytes'
A banda espanhola ODDHUMS saiu com um novo single "Proselytes" após uma estréia bem sucedida do EP "The Inception". Esta nova faixa é uma continuação natural de seu trabalho anterior, levando-nos novamente a vastos territórios do Sludge e Doom. Densidade, crueza, escuridão e peso são os atributos que poderiam definir esse novo trabalho.

“Proselytes” será incluído no seu primeiro LP, no qual a banda já está trabalhando em novas músicas para serem lançadas em meados de 2018.

Ouça a faixa em:
Google Play: http://bit.ly/2xPuj6f

Links:


ONE THOUSAND DEAD: banda é uma das atrações do festival “The Undergorund” nesse sábado em Bauru/SP
O grupo One Thousand Dead se apresenta dia 20 de outubro na cidade de Bauru/SP em evento que promove novos nomes do metal extremo brasileiro.

O grupo paulista vem trabalhando pesado nas gravações do seu primeiro registro oficial e nesse sábado levará até o público da cidade de Bauru novas composições e as já conhecidas que estão no EP “Infernizando”.

O evento será realizado no “Exílio Art Pub” e irá contar com as bandas Aberração e Bertran de Born como outras atrações do evento.

Mais informações no link abaixo:

Serviço:
Evento: The Underground
Atrações: One Thousand Dead – Aberração – Bertran de Born
Local: Exílio Art Pub – AV: Duque de Caxias – 10/26 – Vila Santa Tereza – Bauru/SP
Custo: R$10,00


Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

Shinigami Records